Pós-graduação EAD

Qual a diferença entre Pós e MBA? | UNINASSAU

Pensando em investir em seu desenvolvimento profissional? Saiba tudo sobre Pós e MBA! Entenda as diferenças, modalidades e para quem cada tipo de curso é indicado. Acesse!

Qual a diferença entre Pós e MBA?

Ao realizar a busca pelos cursos, é comum surgir a dúvida sobre as diferenças entre Pós-Graduação e MBA. Por isso, preparamos este artigo para te contar tudo sobre as linhas de estudo e te ajudar a escolher a que melhor atende as suas necessidades, confira!

Pós-Graduação x MBA

A Pós-Graduação abrange todo e qualquer curso realizado após a conclusão do nível superior que cumpra os requisitos da legais previstos pelo Ministério da Educação (MEC).

Neste contexto Instituições de Ensino Superior cumprindo os requisitos legais, podem ofertar Pós-graduação lato sensu e Pós-graduação Stricto sensu.

A pós-graduação Stricto sensu abrange os programas de Mestrado e Doutorado, cujas ofertas apenas podem ser realizadas por meio de autorização da CAPES (A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), fundação do Ministério da Educação (MEC), desempenha papel fundamental na expansão e consolidação da pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em todos os estados da Federação).

A pós-graduação lato sensu abrangem cursos de Especializações no qual se enquadra os cursos de MBA (Master in Business Administration), portanto no Brasil o aluno que faz um curso de MBA está adquirindo competências e habilidades para obtenção de título de especialista na área de gestão e negócios. Isso significa que o MBA (Master in Business Administration) também é um tipo de pós, e é justamente por isso que o tema gera tantas dúvidas!

Para entender mais sobre o MBA, é fundamental conhecer as duas linhas de estudo que classificam os cursos: Stricto Sensu e Lato Sensu. Veja os resumos abaixo:

Stricto Sensu

O Stricto Sensu, do latim “em sentido restrito”, é a formação para quem busca um aprendizado mais teórico e científico sobre determinado tema, os cursos são de Mestrado e Doutorado.

Como o próprio nome sugere, a linha de estudo é mais restrita e direcionada ao aprofundamento de um projeto de pesquisa proposto para resolver questões sociais ou científicas. Embora sejam mais prestigiados por quem deseja seguir carreira acadêmica, como a de professor universitário ou pesquisador científico, esses cursos são muito valorizados no mercado de trabalho por empresas que investem em desenvolvimento, inovação e tecnologia em várias áreas.

A Pós-Graduação Stricto Sensu também exige um tempo maior de dedicação, já que a duração média do Mestrado é entre dois e dois anos e meio e do Doutorado é entre quatro e cinco anos.

Lato Sensu

O Lato Sensu, do latim “em sentido amplo”, é a formação indicada para quem deseja aperfeiçoar os conhecimentos em uma determinada área. As modalidades apresentadas nesta linha de estudo são a Especialização e MBA.

Como o Ministério da Educação (MEC) exige a carga horária de 360h para o Lato Sensu, há uma flexibilidade no período de duração dos cursos: entre 4 meses e 2 anos para a conclusão.

A grande vantagem deste tipo de Pós-Graduação, é a possibilidade de estudar temas que não são da mesma área de formação, ampliando ainda mais as possibilidades de crescimento profissional. Além disso, muitos cursos são ofertados na modalidade de Ensino a Distância (EAD), que garante maior autonomia e praticidade para os estudantes.

Tipos de cursos Lacto Sensu

Especialização

Na Especialização, o objetivo é aprofundar o conhecimento técnico e teórico de uma área, sendo assim, a grade curricular abrange o assunto sob a ótica de diferentes pesquisas e profissionais.

Como esse é o formato mais popular, pois abrange diferentes áreas de estudo, a utilização do termo “Pós-Graduação” para falar especificamente sobre a Especialização tornou-se muito comum e por isso, muitos alunos ficam surpresos ao descobrir que MBA também é um tipo de Pós!  

MBA

Embora os estudos técnicos e teóricos também estejam presentes no MBA, o curso é mais focado em negócios, ampliando a grade curricular para disciplinas de gestão e administração.

Qual escolher: Especialização ou MBA?

A Especialização é indicada para profissionais que finalizaram a graduação há pouco tempo e desejam ampliar as oportunidades de desenvolvimento profissional através da construção de autoridade na área.

Exemplos de cursos de Especialização: Finanças Corporativas, Pedagogia nas Organizações,  Direito do Consumidor, User Experience Design e Gestão da Qualidade em Processos, Produtos e Serviços.

O MBA é mais indicado para quem deseja assumir cargos de liderança e gestão nas empresas. As aulas apresentam maior exposição de estudos de casos, análises do mercado, performance e gerenciamento de recursos humanos.

Exemplos de MBAs: Gestão de Projetos, Coaching e Gestão de Pessoas, Marketing e Vendas  e Empreendedorismo e Gestão de Negócios.

Como a grade curricular de cada modalidade tem um objetivo diferente, a escolha entre os cursos está atrelada ao desenvolvimento profissional atual e o almejado: A Especialização é mais procurada por profissionais com pouco tempo de mercado de trabalho, que desejam novas oportunidades na própria carreira ou buscam uma recolocação em outra área. Já o MBA atrai profissionais que desejam ampliar o conhecimento em sua área de atuação e buscam ocupar cargos de gestão e liderança.

Agora que você já sabe mais sobre a Especialização e o MBA, que tal investir no seu desenvolvimento profissional? Na UNINASSAU, você encontra cursos na modalidade EAD, com aulas gravadas, e Ao Vivo, com possibilidade de interação em tempo real com os professores.

Consulte nossas diversas opções de cursos de Pós-Graduação Online agora mesmo!

Leia também: Por que fazer Pós em Tecnologia


Leia também: